Gordon Lish é controverso. Escritor, editor e professor, é referência para os mais importantes autores americanos contemporâneos. Celebrado por Don DeLillo, deu forma aos trabalhos de Barry Hannah a Amy Hempel e Lili Tuck, além de ter sido o responsável pela edição dos livros de Raymond Carver.

A Coleção de ficções traz, pela primeira vez no Brasil, seus quatro livros de contos revistos pelo próprio Lish. Em Coleção de ficções 1 estão as histórias de What I know so far, publicado em 1984, do qual fazem parte os dois contos que envolveram Lish em polêmicas com o escritor J.D. Salinger. “Para Rupert – sem promessas” foi publicado na revista Esquire sem assinatura. Deliberadamente, o estilo e a menção ao conto “Para Esmé, com amor e sordidez”, de Salinger, fizeram parecer que o autor, sem publicar nada há dez anos, retornava com um novo texto. A polêmica fez as vendas chegarem ao seu ápice e irritou o recluso autor de O apanhador no campo de centeio. “Para Jeromé – com amor e beijos” foi o ganhador do Henry Award de 1984. Escrito em forma de carta, traz um pedido do pai de Salinger para que, entre outras coisas, o filho seja mais presente.

Lish é, hoje, ele também, recluso e vive em Nova York. Seu estilo incomparável está agora disponível aos leitores brasileiros na precisa tradução de Ismar Tirelli Neto. A Numa lançará em breve os próximos três volumes.

Tradução: Ismar Tirelli Neto
144 páginas
14x21cm
ISBN: 978-85-67477-04-6
R$ 30,00

Clique abaixo para ler um trecho

Gordon Lish – coleção de ficções 1

 

Share This