A história política do Brasil é pontuada – e liderada, obstruída e dobrada – por juristas filhos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Pela primeira vez, um romance retrata a atmosfera labiríntica e caduca do poderio da Velha Academia e revela como os jovens franciscanos, futuros membros prometidos da elite brasileira, vacilam entre o idealismo e a embriaguez corrupta da política, entre a sedução da tradição e a distorção cínica da língua para o teatro do Direito. Na declarada derrota de sua protagonista, O Porão conta a dilapidação moral da elite intelectual da nação e faz um presságio aos golpes que a democracia brasileira tem recebido desde 2014, às vezes pelas mãos da classe jurídica.

Na política, a falsidade geralmente vence, mas na literatura nem tanto.

Autora: Luiza Berthoud

274 páginas

14×21

ISBN: 978-65-87249414

R$39,00